Entrar | Sem registro? Registrar!
Quests

Uma visão aprofundada na criação de uma quest

Escrito por CipSoft (traduzido por Thodo Fron e Tiago Paolini) on Saturday 29 November 2008
Quests são uma parte essencial do Tibia, para muitos jogadores elas são o tempero que deixa as coisas interessantes e adiciona emoção ao jogo: realizar uma tarefa, lutar contra monstros ou resolver mistérios, e finalmente conseguir uma recompensa.

Há vários tipos de quests, algumas vezes você necessita entregar uma nota ou coletar alguns itens. Já em outra, sua missão é aniquilar uma horda de monstros. Qualquer missão que seja, sua vida de aventureiro se enriquece cada vez que você completa uma missão difícil, geralmente você se sente orgulhoso depois. Uma recompensa valiosa ou um determinado certificado é muito bom, é claro, mas a sensação de ter resolvido um enigma ou ter derrotado um grande número de criaturas você não esquecerá tão cedo. Algumas vezes, a jornada para resolver uma quest é a verdadeira recompensa, ou no mínimo, parte da premiação.

Amaro de Quester é um aventureiro aposentado, que possui sempre um interesse de explorar o mundo em volta dele. Recentemente, ele teve uma chance de conhecer a equipe de conteúdo da CipSoft, Chayenne, Dens Larika e Knightmare, os criadores das quests, e ele gentilmente aceitou partilhar informações conosco...

"Eu visitei a equipe de desenvolvimento para obter uma idéia melhor na criação do Tibia. É claro que, na minha mente surgia muitas perguntas: Há algum modelo ou tipo a ser seguido? Que tipo de coisas você necessita ter em mente quando está criando uma quest? Qual é o roteiro típico de uma quest? Há quests que não foram descobertas ainda? Eu realmente aproveitei meu tempo em que estive lá e agora tentarei resumir o que eu aprendi.

Para cada major update, a equipe de conteúdo geralmente prepara entre uma a três grandes quests e algumas pequenas. Naturalmente, isso depende do número de funcionalidades que está planejado. E adivinhe: nem todas as quests são anunciadas na notícia do update! Portanto, cada update há quests escondidas.

Screen_chest


Em preparação para um update, os criadores de quests começam com uma seção de brainstorm. Uma das primeiras decisões a serem feitas é qual tipo de quest eles querem fazer. Uma quest grande com diversas tarefas como a postman quest pode ter tanto uma trama linear ou modular, um caminho mais flexível e dinâmico da quest. Por outro lado, quests simples com apenas uma ou poucas tarefas também podem ser bastante envolventes. As Tibia Tales, por exemplo, consistem em várias quests menores que não necessariamente possuem relação uma com a outra. E algumas quests no Tibia podem ser feitas novamente como a quest Machinery of War, por exemplo. Sim, é claro, você nunca sabe o que aqueles incômodos orcs estão tramando então é melhor você fazer uma visitinha a eles de vez em quando...

Eu sempre imaginei quem aparecia com todas essas ótimas quests no Tibia. Bem, toda a equipe de conteúdo está envolvida em criar histórias e enigmas. Às vezes, eles também são inspirados pelas propostas dos jogadores. E também há esse enorme quadro de anotações no qual membros de outros departamentos podem contribuir com as idéias deles.

É claro, eu contei a eles da minha idéia, um homem, um forte, corajoso homem, você sabe, um homem musculoso, e você tem de competir contra ele, entende? Contudo, Eu não estava ciente de todas as diretrizes que você tem de seguir e de todas as coisas que você precisa ter em mente. Pensar em uma estória é só uma parte de fazer a quest, você também tem de programar e implementar ela. É claro, a estória tem de se encaixar no ambiente do Tibia. Sim, eu sabia disso. Mas eu não pensei no grau de dificuldade o qual deve ou permanecer relativamente constante ou aumentar, dependendo do tipo de quest. O quão desafiadora ela deve ser? Essa é uma questão crucial.

É claro, quests são testadas com cuidado para que jogadores não pulem uma certa parte da quest ou abusem de alguma funcionalidade do jogo. Da mesma forma, os jogadores não devem ser capazes de reiniciar a quest a fim de conseguirem a recompensa várias vezes. Se isso for possível em uma quest que não pode ser repetida, é muito provavelmente um bug e deve de ser reportado imediatamente. Presumo que seja bem difícil encontrar de antemão cada possível abuso ou falha. Para ser honesto, penso que seja uma boa idéia assumir que alguns jogadores podem tentar diminuir a diversão dos outros, atrapalhar e arruinar as quests.. Tendo isso em mente, os criadores de quests podem identificar os pontos fracos que podem dar aos jogadores alguma vantagem injusta.

Eu realmente aprecio que a equipe de conteúdo tenta evitar situações na quais não seja mais possível continuar a quest. Perder um item de quest ou tomar a decisão errada não deve te deixar empacado. Dessa forma, eles freqüentemente implementam modos alternativos de se recuperar itens de quests perdidos por causa da morte do personagem., por exemplo. No final das contas, a relação custo-benefício também é importante e deve ser balanceada a fim de que uma quest que foi extremamente difícil de programar não possa ser resolvida em apenas cinco minutos.

Djinn


Há muitas outras decisões que influenciam a criação da quest e a recompensa final. Você tem de pensar sobre os requerimentos como level e vocação, que tipos de monstros têm de ser enfrentados, quais itens são necessários, deve ser uma quest de equipe ou de um único jogador, como dar dicas e pistas e por aí vai. Eu quase caí no sono quando eu ouvi essa longa lista que parecia não ter fim.

As coisas começaram a soar bastantes técnicas e complicadas então eu pedi para a equipe de conteúdo exemplificar o curso de uma quest usando a minha favorita, a Djinn Quest. Essa quest é particularmente interessante porque ela é uma quest de facções, no começo você tem de se decidir de que lado vai ficar... aliar-se com os Efreet, os djinns verdes, ou com os djinns azuis chamados Marid.

Falando de uma forma geral, a quest consiste de uma quest flag (marcador de quest) indicando a sua aliança com a facção e os dois caminhos da quest, cada um que três missões dependendo de com quem você se aliou. Uma quest flag é basicamente um marcador ao qual pode ser atribuído algum valor se você realizar alguma ação. Dessa forma ele memoriza o seu progresso em uma quest. Falando de um jeito simples, se você abre um baú de quest pela primeira vez, a sua quest flag será mudada para "você já abriu esse baú". Eu freqüentemente me esquecia do que eu já tinha feito numa quest então eu me alegrei quando eles introduziram o questlog. Finalmente, você pode manter-se informado do seu progresso ou reler algumas das dicas da quest, ao menos das quests principais. Eu às vezes imaginava porque o questlog não incluía uma entrada para cada baú que você abre. A equipe de conteúdo me disse que existem cerca de 1.000 quest flags até o momento então apenas quests "de verdade" são exibidas lá.

Mas vamos voltar aos nossos queridos djinns. Você recebe a primeira quest flag se você aprendeu do Melchior a saudação djinn, o mendigo cego que sabe bastante a respeito dos djinns. Então, você só tem de falar com o porteiro na frente da fortaleza dos djinns azuis ou com o porteiro na frente da fortaleza dos djinns verdes, dependendo de qual facção você pretende escolher. Cada um deles checa se você possui o valor correto da quest ("aprendeu a palavra de saudação") e se você o possui, você pode se aliar a ele contra a facção oposta de djinns. É claro, a sua quest flag receberá um valor identificando a sua aliança ("azul" ou "verde"). Esse valor de quest flag é especialmente importante já que ele afeta o curso da sua quest e tudo o que você pode fazer na quest desse ponto em diante, quais portas você pode abrir, como os NPCs vão reagir a você e assim por diante. Você também vai encontrar uma entrada de questlog correspondente à sua aliança.

Cookbook


Eu sou um Marid – é claro – e eu ainda lembro a minha primeira missão, a cozinha dos dwarfs, uma missão de entrega. Vou tentar explicar a estrutura básica dessa quest para ver se eu entendi direito. OK, então o NPC Bo'ques estava procurando por uma receita especial e eu concordei em ajudá-lo a pôr as suas mãos nela. Assim, a minha quest flag foi ajustada para "missão recebida". Felizmente, havia uma entrada no questlog para o caso de eu esquecer a minha missão enquanto eu vagava pelo labirinto conhecido como Kazordoon. Sim, isso É um labirinto. Até mesmo com marcadores no mapa eu normalmente fico perdido em algum lugar.

Dwarf


Depois do que foi uma eternidade para mim, eu finalmente encontrei a senhorita Maryza dos dwarfs e perguntei a ela sobre o livro de receitas dos dwarfs. Ao checar a situação da minha quest flag, ela soube que eu estava em uma missão para conseguir tal livro. Desse modo, ela me passou ele com um sorriso barbado e ajustou a quest flag para "livro de receitas recebido". Vocês sabem, eu pedi por outro pois eu pensei que seria um belo presente para a minha mãe, mas que coisa, Maryza já sabia que eu tinha um. Bem, eu retornei a Bo'ques o qual checou a minha quest flag para ver se eu estava no ponto certo da quest e se eu obtive o livro de receitas. Finalmente, ele pegou o livro o que mudou a minha quest flag para "missão completa" e também atualizou o meu questlog.

Acho que é isso o que são quest flags... para marcar se um jogador tem os requerimentos e está autorizado a fazer algo, falar com um NPC, puxar uma alavanca, ou se já recebeu algum item de quest ou uma recompensa especial, por exemplo.

Finalmente, perguntei a questão que eu estava louco para saber desde há um bom tempo: Existem quests não descobertas ou não solucionadas? Chayenne me contou que eles normalmente tentam não deixarem os jogadores no escuro por muito tempo e que você consegue a maioria das quests de NPCs os quais te dão algumas dicas úteis. Mesmo assim, há algumas quests que não são explicitamente mencionadas em local algum e que não aparecem no questlog mesmo se você já encontrou alguma pista; E adivinhem o quê? A equipe de conteúdo curte mesmo implementar tais quests e observarem a gente procurando por pistas. Tais quests normalmente envolvem muitos enigmas, como a Paradox Tower Quest. Infelizmente, elas freqüentemente recebem spoilers rapidamente e você pode encontrar toda a informação necessária na net. Desse jeito, a recompensa da quest normalmente não é tão grande quanto nas outras. Quem sabe, talvez os nossos amados criadores de quests implementarão novas quests ocultas no futuro ou continuem a abrirem quests terminadas. Eu acho que tenho de começar a viajar por aí de novo, procurando por novas quests, explorando as vastas terras de Tibia... ser um aventureiro é mais do que um estilo de vida, é um estado de espírito. Onde está a minha bengala?"

E então ele partiu para o horizonte. Talvez você gostaria de segui-lo na jornada dele?

Descubra os mistérios do Tibia!
Os seus Community Managers